Share |

sexta-feira, 25 de junho de 2010

BL, EBL , TRX, SBL , RBL… muita sigla não?

Foto superzíper

Sob o comando de Junko Wong , a equipe da Junie Moon é responsável pela criação, arte , produção da Blythe. Hoje chamada de Neo-Blythe.
A CWC é a empresa que tem a licença concedida pela Hasbro (detentora dos direitos da Blythe) na Ásia a na Oceânia para fabricar a Blythe e já tem em seu currículo 7 anos, 115 Neo Blythes, isso sem esquecer as Petits modelo de 11 cm lançado pela Takara.
Ae nesse meio tempo a Takara já fez 4 moldes de rosto... a BL, a EBL, a SBL e a RBL... as duas primeiras não mais produzidas...


BL: O primeiro modelo de Neo Blythe lançada pela Takara em 2001. A principal característica dela é ter olhos bem arregalados, sem pálpebra visível. Outra característica marcante das BLs é que vêm de fábrica com corpo de boneca Licca, o que a torna posável. As BLs são as Blythes mais raras hoje em dia mas muita gente continua fã incorrigível deste modelo

EBL: O segundo modelo da Takara tem um rosto maior, mais redondo o que confere a boneca uma aparência mais séria e adulta. A partir deste modelo o corpo da boneca passou a ser o de Blythe. As pálpebras se tornaram levemente visiveis.

SBL: Terceiro modelo da Takara e o menos preferido por muitas. Neste modelo a Takara diminiu levemente o tamanho da cabeça e o buraco dos olhos ficou visívelmente menor. Outra característica marcante é que o olhar das SBL é levemente voltado para baixo, fato que desagrada muita gente - mas corrigível. (Creio que a Whinny seja uma SBL)

RBL: último modelo da Takara é , na opinião de muitos, o molde mais próximo das bonecas vintage Kenners . Aqui é vísivel que o fabricante aumentou a cavidade dos olhos, o que deicou a boneca com uma aparência mais ingênua e infantil. Muito importante destacar que o molde RBL tem a vantagem de ter uma cabeça que pode ser aberta facilmente, facilitando muito a vida das customizadoras.

Fonte:Aqui

E o começo de tudo - história da Blythe




Quem vende as nossas bonecas favoritas e nos faz sofrer a cada lançamento com preços lá em cima a gente tá cansada de saber. Quando surgiram, também.

Mas de onde surgiu a idéia de fazer uma boneca assim? E as etapas até o modelo final?

A Blythe foi criada em 1972 por três pessoas da Marvin Glass Studios para a empresa de brinquedos Kenner, que não existe mais. A inspiração veio de desenhos de Margaret Keane, pioneira na arte Big Eyes (a história de Margaret é muito interessante também). O fato é que as ilustrações de Margaret inspiraram diretamente várias bonecas nas décadas de 60 e 70, sendo Susie Sad Eyes uma delas ao lado.


Voltando às Blythes, Rouben Terzian, Gordon Barlow e Allison Katzman foram os criadores. Rouben Terzian havia projetado os olhos, mas para um cachorro de brinquedo. No entanto, Gordon Barlow insistiu que os olhos eram perfeitos para uma boneca e começou a tocar o projeto da boneca para frente. E assim a Blythe ganhou seus olhinhos tão característicos. Allison Katzman foi responsável pelo molde do rosto. Originalmente, o corpo seria proporcional à cabeça, mas por restrições de empacotamento e embalagem, o corpo foi reduzido, então a cabeça ficou bem maior que o corpo. Um protótipo de resina feito a mão pela Marvin Glass Studios foi usado para fotos promocionais pela Kenner (Foto acima)



Mas antes de chegarem à Blythe como conhecemos hoje, o primeiro protótipo era um pouco, digamos assim, assustador: ela teria olhos verdes, que mudariam de posição através de uma alavanca atrás da cabeça. E seriam quatro bonecas: Blythe, Karess, Willow e Skye.
(Eu tenho medo dela..rsrs Q bom que não deu certo...)

(Já falamos das blythes aqui e aqui)

Fonte:Aqui